Melhor praticar muito mais

Este texto é um comentário sobre a publicação no blog Que Falta Faz um Revisor e que retrata uma situação que chega até a ser engraçada: um texto que fala sobre erros de português, mas está cheio deles: http://quefalta.xn.blog.br/jornais-e-revistas/melhor-praticar-mais.php.

Alguns de nós já se acostumou a entender que grande parte do que se chama imprensa costuma seguir e adotar “a moda”. Não é verdade que a imprensa se debruça a narrar os fatos e nisso se dedica.

Isso acontece, claro. Mas o que vemos a imprensa fazer (falo da brasileira, com a qual tenho mais contato) é criar notícias, seguir as tendências dos “assuntos da moda” e massacrar os leitores/telespectadores/ouvintes com notícias repetidas (e também as conclusões insinuadas, se podemos assim dizer).

Um dos temas em moda é a falta do domínio de nossa língua pelos concorrentes a vaga em entrevistas de emprego. Assim como é preocupante a falta de traquejo dos aspirantes, vejam que ironia (? ou ! – à sua escolha), fica claríssima a falta de preparo dos profissionais atuantes. Até mesmo entre aqueles que deveriam, por exigência da profissão, ser excelentes conhecedores do português, precisar revisar, ler mais, estudar mais…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.