Ressureição de Lázaro

É horrível quando recebemos uma mensagem como

No usable partitions/No OS found

da útil entrada da BIOS. Normalmente temos alguns segundos para perceber - seu disco rígido falhou, ou está falhando, e não há mais boot para o sistema operacional. Há várias razões para que isso aconteça e cada uma com seu potencial de causar perda de dados. Com um disco rídigo quebrado você perder tudo. Mas isso também pode ser apenas o resultado de um carregador de boot com erro ou a instalação de uma distribuição superzelosa. Nestes casos, há uma boa chance de que seus dados sobreviveram intactos - mas o que você faz? Os que periodicamente armazenam backups dos dados podem se sentar, sorrir levemente e restaurar seu trabalho suado pelo último backup. Apesar de saber o quão importante é isso, muitos de nós nunca conseguem reservar tempo para fazer backup dos dados que passamos a vida reunindo. Se há um bom momento para um Live CD Linux entrar em ação, é este.

Os Live CDs são equipados com ferramentas que podem ser usadas para ressuscitar discos rígidos, e muitas das ferramentas Linux rivalizam quando não ultrapassam as funcionalidades da maioria das soluções comerciais. A primeira coisa a fazer é montar o disco perdido a partir do Live CD.

Sugeriríamos usar o PCLinuxOS que muitas vezes é considerada a melhor distribuição atual para encontrar e montar partições problemáticas. Ele também faz um bom trabalho para encontrar partições NTFS do Windows no mesmo disco. O PCLinuxOS detectará automaticamente tudo que encontrar e os montará na área de trabalho. Você deve estar pronto para copiar os dados em um local seguro. Se isto não funcionar, sua salvação será digitar testdisk do console do root.

Testdisk é uma das ferramentas mais subestimadas, mas que pode realmente fazer a diferença entre perder ou manter tudo. É prefeito para restaurar gravações na MBR ou para reconstruir tabela de partições.

Mais em Truques de linha de comando.

Um comentário sobre “Ressureição de Lázaro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.