Tropeçando 68

PG Phriday: 10 Ways to Ruin Performance: Functionally Bankrupt

O uso inadequado de funções em consultas e índices e que arruinam a performance do banco.

A arte da linha de comando

Fluência na linha de comando é uma habilidade muitas vezes negligenciada ou considerada obsoleta, porém ela aumenta sua flexibilidade e produtividade como desenvolvedor de diversas maneiras, sutis ou não. Este texto descreve uma seleção de notas e dicas de uso da linha de comando que me parecem muito uteis, quando usando o Linux. Algumas dicas são elementares, e outras são mais específicas, sofisticadas ou obscuras. Esta página é curta, mas se você souber usar e lembrar todos os items que estão aqui, então você está mandando bem.

Verify that a network connection is secure

Através da captura dos pacotes que trafegam na rede em que você está conectado, verifique se há vulnerabilidades e a  possibilidade de desvio das informações quando você está usando protocolos de encriptação.

7 Essential JavaScript Functions

Funções JavaScript utilíssimas: debounce, poll, once, getAbsoluteURL, isNative, insertRule, matchesSelector

PG Phriday: Partitioning Candidates

Entendendo quando tabelas são boas candidatas ao particionamento

Tropeçando 65

Descarte móveis, eletrônicos, eletrodomésticos e muitos outros objetos velhos sem sair de casa

The history of replication in PostgreSQL

Taming Forms in AngularJS 1.3

Ultimo Dia Util Considerando Feriados em Oracle PL/SQL

HTTP access control (CORS)

Detalhes do lado do cliente na utilização de CORS[bb].

CORS on Apache

Use vimdiff as git mergetool

Instruções para utilizar vimdiff como resolvedor de conflitos do GIT[bb]

git ahead/behind info between master and branch?

Ter a informação de quantos commits há atrás/adiante do seu branch no git

GNS3 1.3 – A ferramenta perfeita para quem gosta de redes

O GNS3 é um simulador de redes bastante “real”, que emula os mais diversos equipamentos activos de uma rede: routers, switchs, PCs, telefones, firewalls[bb], etc. Considerando por exemplo um router, o GNS3 permite-nos emular o IOS[bb] (sistema operativo dos equipamentos Cisco) de um router real e proceder às respectivas configurações.

Compressor.io

Compressão de imagens em formato otimizado com menor perda possível (quando não sem perda).

A maneira fácil de compartilhar arquivos

O compartilhamento de arquivos com Samba ou NFS é fácil desde que você tenha tudo previamente configurando em ambos os computadores, mas e se você quer apenas transferir um arquivo para outro computador na rede sem o trabalho de configurar programas? Se o arquivos é pequeno, você pode enviá-lo por e-mail. Se os computadores estão na mesma sala e o uso do compartimento USB é permitido nos computadores, você pode usar a porta USB, mas há também outra opção.

Woof é um script Python que pode ser executado em qualquer computador com Linux (ou similar). O nome é um acrônimo para Web Offer One File (A Teia Oferece Um Arquivo), que o define muito bem, como se o fosse um servidor web a um clique. Não há nada a instalar; apenas baixe o script de www.home.unix-ag.org/simon/woof.html e o defina como executável, então compartilhe o arquivo digitando:

./woof /pasta/do/meuarquivo

Isto irá responder com uma URL que pode ser digitada em um navegador em outro computador na rede – nenhum programa além do navegador é necessário. Woof irá disponibilizar o arquivo para aquele computador e então retirá-lo (você pode usar a opção -c para deixá-lo disponível por mais de uma vez). Woof disponibiliza também um diretório, como:

./woof -z /um/diretorio

O diretório será compactado com gzip tarball e enviado, e você pode substituir -z por -j ou -u para ter um arquivo bzip ou tarball descompactado. Se outros gostarem do Woof e quiserem usá-lo, você pode até mesmo dar-lhes uma cópia com:

./woof -s

Tropeçando – I

Tropeçando por aí:

Browsershots

What is Browsershots?

Browsershots tests your website’s compatability on different browsers by taking screenshots of your web pages rendered by real browsers on different operating systems.

Reinstalando o GRUB

Alguém tentou reinstalar o outro Sistema Inoperacional e ele, genialmente, apagou a MBR e, conseqüentemente, a opção de escolha do GRUB? Agora dá para recuperar. Pelo Ubuntu (distribuição que uso e o do exemplo), é claro.

Ferramentas de segurança de rede

100 ferramentas de segurança e controle da rede.